Como criar um site de compras online

Como criar um site de compras online


Se você planeja vender produtos on-line, a primeira coisa que você precisa é criar um site de compras on-line. Uma loja digital abre novos horizontes para seu proprietário. Além do alcance global e da capacidade de vender serviços ou produtos em todo o mundo 24 horas por dia, sem limitações, você também obtém acesso a um conjunto avançado de instrumentos de marketing e promoção.

Antes de mergulhar no mundo das promoções de comércio eletrônico, programas de fidelidade e marketing de produtos, você precisa ter uma loja on-line com todos os recursos. Métodos modernos de construção de sites permitir que os usuários criem projetos de comércio eletrônico do zero sem habilidades especiais. Por outro lado, o tempo e os recursos necessários para implantar a loja dependerão da tecnologia que você optar por.

Neste artigo, descreveremos duas maneiras principais de criar um site de compras on-line do zero, mas primeiro precisamos identificar alguns dos principais recursos que ele deve ter.

10 recursos essenciais do site de compras on-line

Independentemente de qual plataforma ou software você usa para criar sua futura loja digital, é necessário garantir que ela tenha todos os seguintes recursos:

1. Sistema de Gerenciamento de Produto

Embora os blogs exijam um poderoso editor de conteúdo para gerenciar vários artigos, postagens e categorias, com uma loja on-line, você terá que gerenciar cada um de seus produtos. Verifique se a plataforma escolhida permite adicionar novos itens, editar descrições e títulos, definir preços, classificar produtos por categorias, modelos, tamanhos etc..

Sistema de Gerenciamento de Produto

O recurso é vital não apenas para os proprietários de sites, mas também para os clientes. Eles terão a chance de encontrar o bem de que precisam mais rapidamente, o que resulta em uma taxa de conversão mais alta. A idéia é facilitar a identificação do produto que atenda às suas expectativas.

2. Opções de Pagamento

Como o nicho de comércio eletrônico considera o processamento de transações, você precisa pensar nos gateways de pagamento mais populares para seus visitantes. Quanto mais alternativas sua loja tiver, melhor. Não limite seus futuros compradores com um ou dois métodos de pagamento. Use plataformas flexíveis que fornecem recursos de integração de terceiros.

Opções de pagamento

3. Imagens de alta qualidade

Fotos de produtos de alta qualidade resultam em uma forte representação do produto. Use imagens de alta resolução e mostre seus itens de diferentes ângulos. A idéia é garantir uma experiência real do produto para as pessoas que compram on-line.

Deixe-os se beneficiar do senso de presença aqui e agora. Uma boa maneira de incentivá-los a concluir a compra. É aqui que as visões gerais e promoções de produtos de vídeo também podem ser úteis.

4. Bom desempenho e capacidade de resposta

Construir e manter uma loja digital requer muitos recursos, especialmente se você planeja adicionar centenas de novos produtos seguidos de fotos, vídeos ou descrições. Certifique-se de que sua plataforma de construção tenha um mecanismo poderoso, enquanto a hospedagem lidará com picos de tráfego e saltos durante ofertas, descontos, etc..

Desempenho da velocidade da loja online

Verifique se a velocidade do site é rápida o suficiente, pois parece ser uma taxa crucial que reflete a satisfação e as conversões dos clientes. Além disso, sua loja digital deve ser compatível com dispositivos móveis. Quase metade de todos os usuários faz compras on-line por meio de tablets e smartphones. Seria errado você perder esse público-alvo.

5. Segurança do site

Os compradores estão procurando uma maneira segura de comprar produtos on-line. Para atender às expectativas deles, você pode implementar algo mais do que apenas um certificado SSL. Uma boa idéia é usar um firewall e proteger seu site contra tráfego malicioso, enquanto a autenticação de dois fatores parecerá ser uma camada de segurança adicional.

6. Suporte ao Cliente

Com o objetivo de estabelecer uma experiência de compra on-line perfeita, você precisará resolver problemas diferentes de tempos em tempos. Alguns clientes podem não estar satisfeitos com a qualidade do produto, outros podem solicitar um reembolso ou troca. Certifique-se de fornecer ferramentas suficientes para entrar em contato e garantir assistência instantânea ao cliente.

7. Informações de contato

Além do suporte ao cliente, uma loja online exige uma seção de contato clara. Deve conter todas as formas possíveis de entrar em contato. Abre novas oportunidades não apenas para seu público-alvo, mas também para potenciais parceiros de negócios, investidores, etc..

Informações para contato

8. Depoimentos

Aumente a confiabilidade da sua loja digital com avaliações e depoimentos reais de clientes. Peça aos compradores anteriores que compartilhem suas opiniões sobre o produto que compraram. Isso fará com que seu site pareça mais confiável e confiável.

Depoimentos

9. Ferramentas de SEO, Analytics e Promoção

Como você precisa promover sua loja, verifique se você possui ferramentas de marketing suficientes. Eles podem incluir programas de fidelidade, cupons, códigos promocionais e outros instrumentos para aumentar as vendas.

Shopify Analytics

Com o crescimento do tráfego, você também precisará de alguns serviços de medição, além de acompanhar seus compradores, os dados demográficos e outras métricas cruciais. As configurações de SEO permitem otimizar as páginas dos produtos e tornar sua loja digital mais amigável para SEO. Promova itens, categorias e páginas separados usando palavras-chave, metatags etc..

10. Recursos extras para procurar em um site de compras online

Os seguintes extras podem ser implementados exigindo o tipo de produto que você vende. Se você tem uma pequena loja ou um enorme mercado on-line, também pode querer:

  • Política de Privacidade seção que descreve a maneira de reivindicar reembolsos, devoluções ou trocas.
  • Métodos de Envio e termos explicados.
  • Botões de mídia social para permitir que os usuários compartilhem opiniões ou páginas de produtos no Facebook ou Instagram.
  • Opções de produtos relacionados para oferecer mais itens que se referem a uma categoria de produto específica.

Agora você precisa encontrar a plataforma definitiva que oferece ferramentas suficientes para implementar todas as opções mencionadas acima. Os projetos de comércio eletrônico parecem ser os mais difíceis em termos de implementação e personalização.

Eles exigem habilidades técnicas avançadas, a menos que você opte por soluções prontas para o uso, como o Shopify. Outra maneira é usar o WordPress CMS emparelhado com o plug-in WooCommerce e a funcionalidade de comércio eletrônico que ele oferece. Vamos dar uma olhada nas duas opções e como elas podem ajudar.

Como criar um site de compras online usando o Shopify

Shopify

Shopify – é uma plataforma de criação de sites projetada especialmente para as necessidades de comércio eletrônico. O principal benefício do software é que ele oferece tudo o que você precisa para implementar os recursos que discutimos anteriormente. De programas de fidelidade e configurações de SEO a um prático painel de controle e sistema de gerenciamento de produtos – você obtém todas as funções necessárias em um pacote escolhido.

A plataforma é muito fácil de usar. Adicionar novo conteúdo e produtos é simples, além de modificar títulos e descrições, criar coleções de itens, criar novas páginas e categorias de produtos, definir preços etc. O sistema oferece vários modelos de compras de linha de base com widgets pré-instalados, o que significa que você não precisa codificar de todo. O Shopify usa suas instalações de hospedagem e garante uma operação suave da loja, além de SSL gratuito e outros meios de segurança.

Nesse conjunto, temos uma excelente ferramenta de criação de sites de comércio eletrônico que requer uma curva de aprendizado mínima. Agora, vamos ao processo de criação de sites.

  1. Faça login e escolha um plano. O processo de registro é muito rápido. No entanto, você precisará escolher um pacote imediatamente, com a chance de alternar entre os planos. A boa notícia é que cada plano tem uma avaliação gratuita de 14 dias para testar os recursos do software.
  2. Selecione um modelo. Embora o Shopify não o sobrecarregue com uma variedade infinita de temas, você ainda pode escolher entre uma lista de 10 layouts elegantes e responsivos. Os geeks técnicos apreciarão o acesso HTML / CSS para implementar recursos exclusivos, scripts, etc. Aqueles que desejam um design exclusivo podem escolher o formulário 60 modelos premium que custam US $ 190.
  3. Temas do Shopify

  4. Configure sua loja. Editar sua loja pode parecer um pouco difícil para formar o começo. No entanto, o painel de controle é bastante intuitivo. Depois de algum tempo, você aprenderá como adicionar produtos, imagens, editar blocos na página, criar coleções de produtos, definir preços, indicar mercadorias relevantes etc..
  5. Configuração da loja Shopify

  6. Shopify App Store contém widgets adicionais para fazer sua loja brilhar on-line. Aqui você encontra desde ferramentas de promoção e marketing até instrumentos de recuperação de carrinho, galerias de imagens de produtos, etc..
  7. Shopify App Store

  8. Conecte um domínio e entre no ar. O Shopify permite conectar seu domínio e registrar o domínio na plataforma. Agora você só precisa publicar todas as páginas do site e ir ao ar com sua loja.

O processo geral é bastante fácil, considerando que você possui todas as ferramentas necessárias, dependendo do plano escolhido. O preço depende da embalagem e do número de produtos que você deseja vender. Varia entre US $ 29 / mês para uma pequena loja e US $ 299 para um crescente mercado digital.

Experimente o Shopify gratuitamente

Como criar um site de compras online usando o WooCommerce

WooCommerce

Quando dizemos “WooCommerce”, queremos dizer um plug-in de comércio eletrônico a ser usado com o WordPress. Quando dizemos “WordPress”, queremos dizer um CMS de código aberto usado junto com Bluehost (o melhor provedor de hospedagem otimizado para WP).

O plugin em si é uma boa solução para qualquer loja. Ele vem em uma versão de linha de base gratuita para projetos simples. Sites em crescimento podem se beneficiar de extensões pagas e recursos extras projetados para serem usados ​​junto com o plug-in.

Para construir uma loja online em grande escala com o WooCommerce, você precisará fazer o seguinte:

  1. Registre um domínio e encontre um provedor de hospedagem. Considere o problema resolvido graças a Bluehost. Seus planos otimizados para WP incluem integração com WordPress, acesso a modelos e widgets, atualizações de sistema e plug-in, domínio gratuito de 1 ano, etc. Manipulações adicionais nem necessárias.
  2. Painel Bluehost

  3. Escolha um tema WP. O WordPress possui milhares de temas de comércio eletrônico. A maioria deles é compatível com dispositivos móveis. Use o modo de visualização para verificar a aparência. Os usuários podem se beneficiar de modelos gratuitos ou comprar layouts premium, dependendo dos requisitos de design.
  4. Temas de comércio eletrônico do WordPress

  5. Instale o WooCommerce. Agora você precisa instalar e ativar o plugin. Vá para as configurações do plug-in para ajustar sua loja futura. Para concluir o estágio, basta seguir as 5 etapas simples e indicar informações vitais para que um plug-in de configuração funcione.
  6. Editor de produtos WooCommerce

  7. Adicionar produtos e editar conteúdo. Agora você pode adicionar novos produtos, definir descrições e títulos, trabalhar com o SEO da página do produto etc..

A principal desvantagem aqui é que os usuários terão que fazer a maior parte do trabalho manualmente. Por outro lado, um nível sólido de habilidades técnicas será útil em referências à otimização de sites. Além disso, os usuários podem integrar milhares de serviços de terceiros a partir de gateways de pagamento aos métodos de envio.

Ao mesmo tempo, o uso desse método é mais barato, embora algumas extensões possam custar centenas de dólares, além de temas premium do WordPress.

Experimente o WooCommerce agora

A linha inferior

A escolha entre o Shopify e o WooCommerce depende do tamanho da loja digital, do número de produtos que você deseja vender e dos recursos adicionais que você procura.

O Shopify é uma solução de comércio eletrônico tudo-em-um com tudo o que você precisa em seus planos. Embora o processo de edição não seja tão fácil quanto alguns podem esperar, o sistema permite criar um site de compras on-line totalmente funcional em horas, sem custos ou manipulações extras.

O WooCommerce é mais um plugin do que uma solução automatizada de comércio eletrônico. Isso significa que você precisará de outros meios para dar vida ao seu projeto. Habilidades técnicas adicionais também podem ser úteis. No entanto, as coisas ficam muito mais fáceis ao usar o WooCommerce emparelhado com WordPress e Bluehost. É você quem decide qual caminho escolher.

Crie uma loja online agora

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me