Como converter um site estático em HTML para WordPress

como converter um site estático de html para wordpress


Os laços de sites criados com HTML 100% estão passando. Esse foi um longo caminho difícil desde as origens da construção da web. Ele se transformou em tentativas e erros para milhões de entusiastas de web design de todo o mundo. Isso não significa que as páginas HTML estáticas estão prestes a desaparecer de uma vez por todas. A linguagem de marcação HTML5 ainda é uma das mais poderosas atualmente, permitindo que os usuários criem sites sem os sistemas de gerenciamento de conteúdo por trás deles. Contudo…

O design da Web evoluiu ao longo dos anos, passando para um nível mais alto de presença na Web, transformando-se em um ambiente on-line mais atraente e interativo. Além disso, os usuários não são mais obrigados a lidar com a codificação e a programação por conta própria, graças às plataformas automatizadas do CMS que fazem praticamente todo o trabalho. Ao mesmo tempo, devemos levar em consideração uma rápido crescimento da participação de mercado do WordPress atingindo 60,7% em 2019. Em outras palavras, a plataforma está se tornando a força dominante entre outras plataformas CMS.

Seguir as tendências mais recentes de web design é vital para permanecer a bordo. Para os proprietários de sites, isso significa uma mudança inevitável do HTML estático para o WordPress. O procedimento pode parecer assustador. Este artigo destaca as principais maneiras de converter o site, bem como os benefícios e outras questões cruciais a serem consideradas antes de migrar para o WordPress.

Razões para converter um site estático em HTML para WordPress

Converter seu HTML estático em WP não se resume apenas às tendências de design da web ou à crescente popularidade do WordPress. Trata-se principalmente de funcionalidade e recursos extremamente ricos que você deve seguir com essa mudança. O CMS pode ser uma solução perfeita, não apenas para sites baseados em texto e blogs mas também para outros tipos diferentes de projetos on-line, desde comércio eletrônico, sites para pequenas empresas, páginas de destino, etc.

Além disso, também devemos levar em consideração vários benefícios fundamentais do WordPress:

Ficha informativa:
• Sites WordPress ao vivo: – 27.165.799;
• Número de temas – 10.000+;
• Plugins grátis – sim;
• Personalização completa – sim.

  • Páginas dinâmicas. O WP é um CMS dinâmico, o que significa que não há linhas de codificação e toneladas de páginas pesadas separadas com o mesmo design e layout típico, sem chance de se destacar. Por outro lado, o WordPress facilita para os usuários criar novas páginas, categorias e postagens no blog, além de gerenciar e personalizar cada um deles com facilidade.
  • Fácil de usar. Você não precisa fazer muito do trabalho de desenvolvimento com o WordPress. O sistema oferece uma enorme variedade de plugins prontos para uso, enquanto as ferramentas de gerenciamento de conteúdo são bastante intuitivas. Se você ainda estiver envolvido na codificação do site, o processo se tornará mais simples, sem a necessidade de conhecimento técnico aprofundado..
  • Otimização e personalização. O WordPress foi inicialmente projetado como o plataforma de blogs. Isso significa que o software foi originalmente criado para criar sites amigáveis ​​para SEO. Além disso, o WordPress oferece vários instrumentos para aumentar o desempenho do site, a velocidade de carregamento da página e o desempenho. Esses recursos também são importantes para as classificações no mecanismo de pesquisa do site. A plataforma oferece liberdade suficiente para personalizar o layout da página e o design geral do site.. O procedimento parece muito mais fácil se comparado à marcação da página HTML. Você ainda tem acesso ao CSS / HTML do site enquanto a personalização não é tão assustadora.
  • Comunidade WordPress crescente. Com a crescente popularidade do CMS, a comunidade também cresce. Os usuários podem encontrar centenas de fóruns, grupos e sites que reúnem todos os usuários do WordPress para discutir questões diferentes. Os tópicos variam de tópicos técnicos a visões gerais de plug-ins, guias de integração de sites etc. Em outras palavras, você nunca será deixado junto com seu novo site WordPress..

Agora que está claro por que você realmente precisa converter seu site HTML estático em WordPress, provavelmente se apressaria para encontrar a melhor maneira de fazer isso. Bem, pare por um minuto e considere o seguinte antes de iniciar o processo de conversão.

Leia também:
Como criar um site WordPress.

O que levar em consideração antes da conversão

Antes de finalmente mudar para o WP, verifique o seguinte:

  1. Verifique se a sua hospedagem atende a todos os requisitos do seu novo site. Os requisitos para o site HTML e WP podem ser diferentes.
  2. Prepare-se para usar um editor de código. Pode ser necessário para uma das opções de conversão, pois é necessário ajustar o código. Átomo ou Bloco de anotações++ seria o suficiente.
  3. Reserve tempo e paciência suficientes, como o processo de mudança exigirá alguma resistência.

Prós e contras de converter um site HTML estático em WordPress

Você está realmente pronto para seguir em frente. Não hesite, pois você está fazendo a coisa certa. Mas primeiro, precisamos ser sinceros com você e destacar todos os prós e contras de converter seu site HTML estático em WordPress.

Prós:
Contras:
&# x2714; Poderoso CMS – você dificilmente enfrentará problemas ao estender seu site WP usando plug-ins e recursos de integração disponíveis. Os usuários encontrarão de tudo, desde formulários de contato simples e proteção anti-spam a plugins de segurança e SEO, formulários pop-up, ferramentas analíticas, etc..
&# x2714; Atualizações rápidas do site – atualizar páginas do site é muito fácil. Basta entrar no painel e editar o conteúdo. Não há necessidade de contratar desenvolvedores ou web designers toda vez que você precisar atualizar o site.
&# x2714; Temas elegantes – milhares de layouts e modelos prontos para uso estão disponíveis gratuitamente. Eles foram desenvolvidos por web designers de todo o mundo. Se você deseja algo único ou exclusivo, os temas premium pagos certamente farão o truque.
Curva de Educação. É isso mesmo, você ainda precisa aprender como usar a nova plataforma. No entanto, mesmo iniciantes sem habilidades técnicas se acostumam ao seu jejum. Se você trabalha com sites HTML por um longo período, nunca encontrará dificuldades em trabalhar com o WP. Além disso, toneladas de artigos, guias, tutoriais e vídeos na Web serão úteis.
Manutenção e Suporte. Você é o único responsável pelo desempenho e suporte do seu site. Os usuários precisam ficar de olho no plug-in e nas atualizações do CMS, na hospedagem de datas de validade, nas renovações de domínio etc..

Agora, você está totalmente pronto para seguir em frente e converter seu site HTML estático em WordPress. Vamos dar uma olhada em algumas opções disponíveis para escolher o caminho certo.

Três maneiras de converter um site HTML estático em WordPress

A principal idéia de converter HTML para WordPress é realmente alterar o design do site. Em outras palavras, você permite que o tema WordPress adote seu design HTML enquanto o CMS fornece suas funcionalidades e recursos.

Os usuários terão que escolher entre três opções principais para alternar entre plataformas. Cada caminho é diferente em termos de dificuldade e etapas a serem seguidas. A escolha dependerá de vários fatores, incluindo a formação técnica do usuário, tempo, preferências, etc..

1. Conversão manual

Este é provavelmente o mais demorado e desafiador, pois requer o máximo de habilidades técnicas. Se você escolheu esse caminho, prepare-se para fazer muita codificação. O procedimento não será um aborrecimento para usuários com bons conhecimentos técnicos e de codificação. Tudo que você precisa é um pouco de conhecimento de CSS, PHP e HTML, é claro.

O processo inclui as seguintes etapas:

  1. Primeiro, você precisa criar arquivos básicos (style.css, index.php, etc.) e colocá-los em uma nova pasta de temas.
  2. O próximo estágio é trazer o CSS do seu site existente para a planilha do WordPress.
  3. Agora você precisa dividir um site HTML existente em várias partes, o WordPress usa principalmente o PHP para extrair os dados necessários. Em outras palavras, você precisa criar várias cópias PHP dos seus arquivos HTML, deixando o WordPress reuni-los.
  4. O próximo e provavelmente o passo mais fácil é alterar o formato do cabeçalho, tornando-o compatível com o WordPress.
  5. Carregue o tema e comece a usar seu novo site WordPress.

A principal desvantagem desse método específico é que você não poderá tirar proveito da funcionalidade completa do WP. Você terá acesso aos recursos básicos do CMS enquanto a área do plug-in não estiver disponível. Além disso, você não pode modificar o menu no back-end do WP.

Não se preocupe. O próximo método resolverá o problema, permitindo que você aproveite ao máximo a funcionalidade do WordPress.

Leia também:
Como criar um site sem um construtor de sites.

2. Construindo o Tema Criança

O caminho é provavelmente a maneira mais fácil e rápida de converter seu site HTML estático em WordPress, se você precisar salvar a aparência e o estilo da versão inicial do site. A principal vantagem é que você pode trabalhar com um tema WP pronto para usar em vez de trabalhar com o código HTML inicial para iniciar. A idéia é usar dois temas construídos um sobre o outro (temas pai e filho).

Os passos são os seguintes:

  1. Selecione um tema do WordPress que você gosta. Verifique se ele se refere ao tópico inicial do site, para que você não precise modificá-lo mais tarde.
  2. Coloque a carne do tema filho em uma nova pasta (a mesma do método nº 1).
  3. Obtenha uma folha de estilos para o novo tema e configure-o. Você pode realmente ativar o novo tema, mesmo neste momento. No entanto, você ainda precisa fazer alguns estilos.
  4. Nesta fase, o estilo dos pais e o Functions.php precisam ser herdados. Então você precisará ajustar o design.
  5. Ative o tema e obtenha um site baseado no WP que se parece exatamente com o original.

3. Importação de Conteúdo via Plugins

Esse método é a melhor aposta para quem realmente não se importa com a aparência e o design inicial do site HTML. Por esse motivo, o caminho é ainda mais rápido e simples se comparado aos anteriores. O processo é tão fácil quanto 1,2,3.

  1. Faça a configuração do site.
  2. Instale um novo tema WP.
  3. Instale um plug-in de transferência especial.
  4. Importar conteúdo HTML para o seu WordPress.

Depois de concluir o processo, recomendamos verificar as páginas importadas atuais e os URLs das postagens para garantir que eles sejam compatíveis com o SEO.

A linha inferior

Você aprendeu como converter um site HTML estático em WordPress usando três métodos diferentes. Escolha aquele que atenda às suas necessidades e preferências. O processo não é tão difícil quanto pode parecer. Por outro lado, você obterá um site mais funcional, mais fácil de usar e personalizar com as avançadas tecnologias CMS.

Mudando para um site baseado em WP é melhor devido a várias razões. Primeiro de tudo, os usuários apreciarão a flexibilidade oferecida pelos plugins do WordPress e pelo editor de conteúdo. Em segundo lugar, você terá um site com todas as vantagens competitivas do pacote para enfrentar o desafio dos negócios online competitivos. Não apenas o WordPress permite aumentar o nicho atual, mas também ampliar seus negócios digitais.

Comece com o WordPress agora

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me